Paranautas.com - ideias, acoes e debates em prol do grande Parana Clube

Apenas Começando

Pedro Brizolara

Publicado em: 22/01/2018 - 16:42

Após mais de dois meses de abstinência, a torcida tricolor poderá, enfim, rever nosso amado Paraná Clube em campo na Vila Capanema (já que o último jogo em nossa casa foi em 10/11/2017), e, apesar de termos jogado só uma vez esse ano, alguns torcedores já começaram a desconfiar do Tricolor versão 2018.

Acabamos ficando mal acostumados (ou bem acostumados) com nosso time do segundo turno em diante no ano passado, que obteve o sonhado e ansiado acesso após dez anos. Porém, devem-se levar em conta alguns fatores que justificam a queda ou a baixa produtividade neste início de temporada:

1) Perdemos importantes peças, que foram protagonistas no acesso, como, por exemplo, Renatinho, Maidana, Brock, Cristovam, Gabriel Dias, João Pedro, e alguns reservas. Isso já era esperado, já que muitos estavam apenas emprestados ao Tricolor, e como se destacaram retornaram ou foram negociados por seus respectivos clubes. Já outros preferiram ganhar mais em outra agremiação, o que é totalmente compreensível, já que cumpriram sua missão aqui e têm todo o direito de buscar uma situação financeira melhor para si e suas famílias.

2) Mesmo se tratando de um treinador que já esteve aqui no início do ano passado, e cuja competência é incontestável, houve a troca do comando técnico, e, com isso, a mudança de ideias e filosofia de trabalho, sendo necessário tempo para implementá-las.

3) Além disso, um time inteiro de reforços foi contratado, e quem acompanha futebol minimamente sabe que entrosamento não é algo que se conquiste da noite para o dia, demandando tempo para que técnico e jogadores se conheçam e consigam render 100% do que podem.

4) Por fim, dos atletas que renovaram, bem como dos reforços contratados, muitos ainda não reúnem condições de jogo, seja por problemas burocráticos, ou por estarem se recuperando de lesão. Exemplo disso foi a necessidade de utilização do terceiro goleiro da temporada passada, que, talvez por inexperiência e nervosismo, acabou falhando no jogo contra o União.

Assim, reunidos os fatores acima elencados, chega-se à conclusão de que é absolutamente normal a oscilação no início de temporada, não existindo motivo para grandes preocupações (ao menos num primeiro momento).

A diretoria que fez tanto com tão pouco no ano passado é a mesma para 2018, por isso devemos ficar tranquilos, pois continuamos em boas mãos, cientes de que não serão feitas loucuras financeira para endividar novamente nosso clube, e que eles também estão observando eventuais deficiências e falhas no elenco.

Amanhã teremos batalha importantíssima na Vila do Povo, contra nosso principal rival, até mesmo porque nosso outro adversário da cidade atualmente frequenta o segundo escalão do futebol nacional (algo que não nos pertence), e, em razão de tudo que foi dito acima, mais do que nunca teremos que ganhar no grito, na garganta, na voz que fez a diferença no ano passado, que teve uma média de onze mil pagantes por jogo, que quebrou o recorde de público do Joaquim Américo e que colocou trinta e sete mil no Couto para um jogo de Série B.

Torcida Paranista, vá ao jogo quarta-feira, faça seu plano de sócio (ou reative-o), e ajude o Tricolor a ganhar a primeira em 2018, com o bônus de se tratar de um clássico, pois com certeza esse ano será de PRIMEIRA!

Saudações Tricolores!

Pedro Brizolara l Colunista da Paranautas às terças-feiras. Paranista, uruguaio, advogado e boleiro amador. Tricolor da Vila desde 1995, louco pelas três cores mais lindas do mundo, e honrado em fazer parte do maior (e melhor) portal sobre o Tricolor da Vila.

Twitter: @PedroBrizolara



LOJA OFICIAL

PARANAUTAS TV

CLASSIFICADOS PARANAUTAS

ENQUETE

Você manteria o Matheus Costa como técnico?

 

Processando...


Parcial
Enquetes Anteriores

ÚLTIMAS DO CLUBE NA IMPRENSA

GALERIA DE FOTOS

TÚNEL DO TEMPO - O QUE ACONTECEU NA HISTÓRIA DO CLUBE

01/02/2007 - Estreia na Libertadores. Jogando em Calama, no Chile, vitória paranista: Cobreloa 0x2 Paraná. Primeiro gol do Paraná: Henrique Dias.

03/02/1979 - Aniversário Lúcio Flávio

04/02/1990 - Primeira partida da história, contra o Coritiba no Couto Pereira.

07/02/2007 - Jogo de volta e empate na Vila Capanema: Paraná 1x1 Cobreloa. Gol marcado por Lima.

07/02/1993 - O goleiro Régis faz a sua primeira parrida com a camisa do Paraná Clube.

10/02/1990 - Primeiro gol da história do Paraná, marcado por Sérgio Luiz contra o Cascavel na Vila Capanema.

15/02/2007 - Union Maracaibo 2x4 Paraná

19/02/1998 - O Paraná estreia contra o Fluminense (RJ) no Maracanã. Rafael e Reginaldo Vital marcaram os gols da vitória paranista, eliminando a partida de volta.

21/02/2007 - Paraná 2x0 Potosí

27/02/1994 - O Paraná Clube goleia a equipe do Coritiba por 4 a 0 no Couto Pereira (Saulo, Ézio, Claudinho, Saulo).